Pesquisar este blog

quinta-feira, 24 de julho de 2014

A Macabra Ilha das Bonecas

video


Entre as tantas maravilhas naturais existentes no México, um lugar em especial, conhecido como Xochimilco, possui um encanto singular. A área, composta por quase 190 quilômetros de canais navegáveis e muita natureza, está repleta de misticismo.

 Ali, no meio de várias ilhas pequenas de água limpa e transparente, a apenas 20 quilômetros ao sul da capital federal, existe uma com um passado historicamente macabro e uma paisagem aterrorizante: a Ilha das Bonecas. 

O local, que durante mais de 25 anos teve como único residente Don Julián de Santana Barrera, é atualmente palco de um cenário de terror. Reza a lenda que, um dia, Don Julián encontrou o cadáver de uma menina que, aparentemente, havia se afogado em um dos canais da ilha.

Depois da descoberta, Don Julián passou, constantemente, a ouvir gritos, choros e vozes, que se prolongavam em um lamento constante. Aterrorizado pelo que atribuiu ser o sofrimento da falecida menina, o solitário morador buscou uma solução para o problema: pendurou ao redor de sua casa bonecas de todos os tipos e tamanhos para agradar e proteger-se do espírito magoado. 

E, ao longo dos anos, pendurou tantas, que hoje as bonecas espalhadas pelas árvores e paisagem local estão na casa de milhares. No princípio de 2001, o velho Don Julián foi pescar com o sobrinho em um dos canais da região. Ali, confessou ao menino que há muitos anos as águas do rio eram habitadas por uma sereia que insistia em levá-lo. Não tardou muito para que, um dia, o sobrinho encontrasse o corpo do ancião morto nas águas que tanto temia.

Desde então, a lenda se propagou, e o local passou a ser conhecido como a Ilha das Bonecas, uma paisagem marcada por tragédia e mistério. Os visitantes que se aventuram por ali asseguram que as bonecas do lugar, já envelhecidas, também estão mutiladas e muitas não tem olhos. 

Talvez, com sua aparência macabra, as sinistras bonecas afugentem os maus espíritos que ainda insistem em visitar e assombrar o velho lugar. 



Compartilhe:
Widget [ FerramentasBlog.com ]

0 comentários:

Postar um comentário